Carteira Semanal de Ações | 28 de Setembro

Tempo de leitura: 10 minutos

Equatorial ON (EQTL3)
JBS ON (JBSS3)

Localiza ON (RENT3)
B3 ON (B3SA3)

Performance: A Carteira Semanal encerrou a última semana em alta expressiva, muito acima do seu índice de referência (Ibovespa). As bolsas globais tiveram desempenhos mistos, com os índices norte-americanos mais uma vez pressionando ativos de risco em todo o mundo. Tal movimento externo seguiu atingindo a bolsa brasileira, com o Ibovespa apresentando queda pela quarta semana consecutiva. No âmbito doméstico, a disputa entre os poderes executivo, legislativo e judiciário se manteve calma. Dessa forma, acreditamos que a confiança do investidor segue demonstrando sinais de recuperação, porém, as incertezas nas frentes política, econômica e sanitária devem continuar fazendo preço.

Na Carteira, Localiza foi a ação que mais se valorizou na semana, enquanto Natura foi a que mais desvalorizou.

Trocas: Nesta semana, optamos por realizar duas alterações em nossa carteira semanal. Após obtermos resultados excepcionais com Localiza, acreditamos que os patamares atuais de preço dos papéis nos motiva a realizarmos os lucros e partirmos em busca de novas oportunidades. Da mesma forma, acreditamos que seja o momento de realizarmos os lucros em B3. Dessa maneira, escolhemos dar entrada em Equatorial, com expectativas de possíveis ganhos adicionais com uma eventual vitória do consórcio constituído pela empresa para o leilão de saneamento de Alagoas que ocorrerá na quarta-feira. Para completar a carteira, optamos por incluir JBS, vendo os patamares de preço atuais atrativos para entrada. Seguimos avaliando que a volatilidade deverá se manter elevada nos próximos dias, com movimento de realização das bolsas americanas ainda no radar.

CSN ON (CSNA3)

Gostamos do papel e acreditamos que existem grandes chances de apreciação nas próximas semanas, seguindo a tendência favorável de apreciação como observado no preço do minério de ferro.

O segmento de mineração segue sendo o principal negócio para a CSN desde o desastre de Brumadinho, que reduziu a oferta de minério e elevou os preços da commodity. Ainda assim, a  companhia tem conseguido entregar boa geração de caixa e busca reduzir seu endividamento, principalmente em função da retomada do segmento de siderurgia.

Com isso, temos observado uma melhora de tendência para a companhia que ainda possui níveis de alavancagem financeira que seguem acima de 5x dívida líquida /Ebitda.

Baseado no objetivo de melhorar sua estrutura de capital, a CSN deverá realizar em breve os IPOs das suas unidades de mineração e cimentos. Tal movimento, somado aos patamares de preço do minério de ferro no mercado internacional e retomada da atividade siderúrgica doméstica, deverá servir para redução expressiva das dívidas da empresa e, por consequência, de suas despesas financeiras, melhorando então sua geração de caixa.

Equatorial ON (EQTL3)

A Equatorial possui um histórico positivo de alocação de capital, baseado nos pilares de eficiência operacional e crescimento sustentável. Ainda, acreditamos que sua recente demonstração de interesse em expandir seu horizonte de atuação dentro do setor de Saneamento, estimulada pela aprovação do novo marco regulatório nas últimas semanas deve beneficiar a Equatorial. Desse modo, a companhia pode vir a participar do leilão de desestatização da Companhia de Saneamento do Alagoas (Casal), previsto para esse ano.

Outro ponto importante, a Conta-Covid, aprovada em junho pela Aneel, permitirá liquidez adicional às distribuidoras de energia em meio ao cenário ainda incerto.  Entretanto, a inadimplência segue controlada, o que nos deixa mais seguros com relação ao case. A empresa possui bom histórico de performance e apresentou um resultado robusto referente ao 2T20, que veio acima da expectativa do mercado. Neste, a cia atingiu, de forma consolidada, lucro líquido de R$ 408 milhões, influenciado pelo reconhecimento de resultados dos projetos de transmissão e o crescimento do lucro líquido da Equatorial Pará. Também contou com: (i) diminuição das perdas de energia na Celpa; e (ii) Ebitda ajustado de R$857 milhões, vs. expectativa do consenso de R$656 milhões. Baseada nos pilares detalhados acima, sustentamos nossa recomendação no papel e acreditamos que este deve ter boa performance no curto e médio prazos.

JBS ON (JBSS3)

A companhia deve continuar sendo a principal do setor a se beneficiar da gripe suína africana na Ásia, com posição de destaque tanto no Brasil quanto nos EUA. Apesar dos impactos do coronavírus nas economias globais, a China deve continuar importando bons volumes dos dois países nos próximos meses para suprir a falta de proteínas internamente. Acreditamos que parte desse movimento já está no preço, mas ainda vemos espaço para altas mais moderadas.

A alta diversificação em proteína e geografia poderá ser um suporte para que a companhia possa movimentar suas operações globalmente sem que sinta um impacto mais forte em termos de produção decorrente da disseminação do coronavírus.

A companhia deverá performar acima de seus pares, em função um viés mais defensivo em termos de portfólio de plantas e operações.

Locaweb ON (LWSA3)

A companhia de serviços de tecnologia e hospedagem de sites, realizou sua oferta pública inicial de ações no início de 2019 e desde então seus ativos estão mostrando boa performance.

Por fazer parte do setor de tecnologia, a companhia possui vantagem competitiva entre as demais na crise atual. Isso porque, com o isolamento social, a única maneira das pessoas conseguirem se conectar é através da internet. A afirmação é válida também para comerciantes, que tiveram de migrar suas operações para o meio digital.

Ao mesmo tempo, suas duas principais concorrentes, a Rakuten e a Xtech, encerraram suas operações recentemente.

Como consequência disso, em seu resultado, divulgado recentemente, a companhia anunciou que o ritmo de adição de clientes no começo do ano foi de 26% em software como serviço e 103% em comércio eletrônico. Neste ela também registrou aumento de 23,6% em sua receita líquida e de 29,7% em seu lucro líquido.

Em comunicado ao mercado, a Locaweb anúnciou que o GMV teve tendência de crescimento de 80% em abril, comparado ao mesmo mês de 2019 e somou R$ 4,9 bilhões nos doze meses que se encerraram no mês passado.

Por fim, seguindo a estratégia descrita em seu prospecto, a Locaweb já está com sete aquisições em negociações avançadas.

Natura ON (NTCO3)

A companhia apresentou resultados ainda modestos no 1S20, altamente impactado por fatores não recorrentes, relacionados ao seu acordo com a Avon e o fechamento das lojas. Entretanto a empresa deverá seguir com um ritmo de crescimento acelerado tanto em receita com expansão das vendas na Europa e Ásia (sendo ainda favorecido pelo cambio desvalorizado) quanto em ganhos de margens decorrente das sinergias das aquisições recentes (expectativa de aumento das vendas por consultora).

Mesmo em meio a pandemia, a empresa aumentou o guidance de sinergias que espera para a integração de suas operações com as da Avon em mais de US$100 milhões, atingindo um valor entre US$ 300 e US$ 400 milhões. O deal deve oferecer uma série de sinergias, que deverão ser adiadas por conta da pandemia, mas ainda assim permitirão com que grande valor seja destravado para a Natura através do fortalecimento do canal de vendas diretas e aumento do mix de categorias de produtos que serão oferecidos aos clientes.

Ainda, a empresa conseguiu apresentar significativo crescimento em seu lucro operacional após a aquisição da The Body Shop (TBS) em 2017. Esta operação, permitiu um grande avanço na estratégia de multicanalidade do grupo, através de maiores investimentos nos meios digitais, além de um grande aumento de receita, apoiado em ganhos de eficiência.

A Natura possui uma relação de dívida líquida/ Ebitda elevada, em 4,9x, no entanto, parte significativa de seu endividamento vem do financiamento adquirido para a aquisição da Avon. A companhia possui 45% de sua dívida referenciada em dólar, porém,  apenas a menor parte (R$1,5 bilhão) possui vencimento em 2020.

Metodologia

A Carteira Semanal da Guide Investimentos é composta por cinco ações, com peso de 20% da carteira para cada ativo, selecionadas para o período de uma semana. Enviamos o relatório da carteira ao longo do primeiro dia útil da semana (às segundas-feiras), para os clientes conseguirem montar as posições no fechamento dessa sessão. Importante: as cotações de fechamento dos papéis selecionados é que são utilizadas para a apuração dos resultados da Carteira. Sendo assim, o relatório é válido do fechamento do primeiro dia útil da semana de referência até o fechamento do primeiro dia útil da próxima semana. Vale mencionar que não levamos em consideração na performance o custo operacional (como corretagem e emolumentos).

A seleção das ações é baseada em um critério mais dinâmico, um pouco diferente das nossas demais carteiras recomendadas (que tem uma característica mais estática de posicionamento). Procuramos buscar mais oportunidades de mercado, inclusive as de curtíssimo prazo, observando tendências, movimentos técnicos, momentum dos ativos, eventos e fluxos, além dos fundamentos das empresas.

Contatos
Conheça o nosso time de especialista da área de Investimentos.

RENDA VARIÁVEL
[email protected]

Luis Sales – CNPI
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução da CVM N° 598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.”

Relacionados

Apito Final | Sejamos realistas

Internacional Ativos globais encerram mais uma semana com desempenhos estelares;Enquanto isso, investidores aguardam sinais quanto ao futuro da política fiscal nos EUA;Confiança [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 16/04/2021

Rio Bravo: Olhar Atento |O PIB da China

O PIB da China cresceu 18,3% a.a. no primeiro trimestre de 2021, ligeiramente abaixo da expectativa (18,5%). A magnitude representa a [...]

Rio Bravo - 16/04/2021

Guide Empresas - Construtoras divulga prévias operacionais robustas; Meirelles quer privatizar EMAE este ano e Sabesp fica para 202

MRV: Cia anuncia volume de R$ 1,71 bilhão em lançamentosImpacto: PositivoTenda: Construtora anuncia lançamentos de R$ 610 milhões no 1T21Impacto: PositivoSabesp: [...]

Luis Sales - 16/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções