Carteira Recomendada de Ações

Tempo de leitura: 1 minuto

O mês contou, mais uma vez, com forte volatilidade. Por aqui, em um cenário de incertezas políticas em alta, e paralizações no país, o mercado tem ficado mais cético quanto ao crescimento do Brasil deste ano. A nossa carteira, embora conte com um perfil mais balanceado e menos volátil, ficou aquém do esperado e, teve um desempenho abaixo do Ibovespa. Em maio, a forte performance da Suzano, em linha com a valorização da commodity nos mercados internacionais e valorização do dólar frente ao real, compensou a queda mais forte de Usiminas. Esta último suspendeu a produção de aço do alto forno número 1 de sua usina em Ipatinga (MG), impactada pelos movimentos sindicais recentes.

Para Junho, decidimos alterar o portfólio. A estratégia adotada foi reduzir a volatilidade na carteira, retirando ativos com betas mais alavancados, e incluir papéis mais defensivos. Neste momento, julgamos, portanto, necessário aumentar exposição em nomes relacionados à empresas cíclicas, serviços financeiros, e empresas exportadoras (que se beneficiam de um dólar mais forte).

Relacionados

Por que as ações de tecnologia caíram hoje?

O principal destaque das bolsas globais desde ontem tem sido as expressivas correções dos índices norte-americanos. As fortes quedas observadas ocorrem [...]

Luis Sales - 04/09/2020

Carteira Recomendada de Ações

A Carteira Top Picks encerrou o mês de Janeiro no campo positivo, acima do seu índice de referência (Ibovespa). O mês [...]

Luis Sales - 03/02/2020

Stock Guide - Guia de Ações | 15 de Janeiro

Conheça o nosso Guia de Ações. Acesse aqui. [...]

Luis Gustavo Pereira - 15/01/2020
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções