+0,00% R$0,00
+0,00% R$0,00
Carregando...

Bradesco: Banco divulgou balanços do 2T20

Entre os principais itens do balanço, estão:

  • O lucro líquido atingiu R$ 3.873 milhões, uma importante evolução de 3,2% em relação ao trimestre anterior, mesmo considerando o reforço de provisionamento para cenário econômico adverso que fizeram no trimestre, relacionadas ao segmento Financeiro, no valor de R$ 3,8 bilhões, e R$ 747 milhões relacionadas ao segmento de Seguros;
  • A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROAE) no 2T20 foi de 11,9%, enquanto que o retorno sobre os ativos médios (ROAA) foi de 1,0%;
  • A participação do resultado das atividades de Seguros aumentou para 35,1% (30,9% – 1T20), demonstrando a força da diversificação dos resultados;
  • Com relação à receitas de prestação de serviços, às reduções observadas nos comparativos trimestrais e anuais refletem o impacto do cenário econômico adverso, que produziu efeito negativo em praticamente todas as linhas, principalmente, nas receitas advindas das atividades de cartões, receitas com administração de fundos e operações de crédito;
  • No 1S20, do total de créditos liberados pela Organização, 23,4% foram liberados pelos canais digitais, de maneira autonôma pelos clientes. Em relação ao 1S19, o volume de creditos liberados no digital cresceu 17% em pessoa física e 9% em pessoa jurídica. Destacase o aumento de 18 p.p. na participação do canal mobile em pessoas físicas, passando de 58% do total de créditos liberados no 1S19 para 76% no 1S20;
  • No segundo trimestre de 2020, o next atingiu a marca de 2,7 milhões de clientes digitais. Também, foi registrada uma importante evolução na quantidade de transações, foram realizadas 171 milhões de transações, volume 37% superior ao trimestre anterior. Esse dado é um dos nossos principais indicadores, pois demonstra maior engajamento dos clientes. Cabe destacar ainda que, no comparativo com o 1T20, individualmente, as transações de pagamentos tiveram crescimento de 69%, transferências entre contas 64%, cartão de débito 24% e investimentos 76%;
  • Nos comparativos com os períodos do ano anterior, a performance em termos de lucro líquido/resultado operacional, segue impactada pelo cenário econômico adverso, o que justifica as maiores despesas com PDD, o desempenho das receitas de prestação de serviços e a performance do resultado das operações de seguros, previdência e capitalização, fatores que foram parcialmente compensados pelo rigoroso controle dos custos e margem financeira.

Impacto: Marginalmente Positivo. O banco mostrou ter adotado uma postura mais conservadora durante a pandemia, o que resultou em números bastante em linha com aqueles divulgados no 1T20. O Bradesco conseguiu recuperar resultados de seguros  previdência, em conjunto com a recuperação do mercado, expandiu sua carteira de crédito, manteve a inadimplência controlada e aumentou suas provisões para devedores duvidosos, que ficaram próximas às observadas no 1T20. Seguimos com visão positiva para o papel.

Bitnami