Banco do Brasil: Banco divulga resultado do 1T20

Tempo de leitura: 1 minuto
Com o atual cenário se mostrando desafiador para todo o sistema, o resultado do trimestre foi impactado pela antecipação prudencial que resultou no reforço de provisões em R$ 2,04 bilhões, sendo: R$ 1,17 bilhão no segmento pessoa física, R$ 824 milhões no segmento pessoa jurídica e R$ 46 milhões no agronegócio.
A geração de negócios do banco permaneceu forte, evidenciada pelo crescimento de 15,4% do resultado estrutural na comparação com o 1T19, que é composto pelo produto bancário e pelas despesas operacionais totais.
Entre os principais destaques estão:
  • Lucro Líquido encerrou o trimestre com R$3.395 milhões, queda de 20,1% vs. 1T19;
  • Sua PCLD Ampliada ficou em R$5.539, aumento de 63,3% vs. 1T19;
  • As rendas de prestação de serviços cresceram R$ 271,9 milhões (4,0%) frente ao 1T19, resultado da especialização de sua rede e ampliação das soluções dos canais digitais;
  • As receitas de Conta-Corrente aumentaram R$ 50,4 milhões (3,7%) no 1T20, reflexo da expansão da base de clientes no varejo e tarifas com prestação de serviços de integração a Compe/SPE.
  • Em março de 2020, o índice de Basileia foi de 17,8% e o índice de capital nível I de 13,9%, sendo 9,98% de capital principal. Para 2022, a meta é manter o índice de capital próprio em pelo menos 11%;
  • A carteira de crédito totalizou R$ 619,0 bilhões, alta de 4,2% na comparação com março/19 (+R$ 24,9 bilhões);
  • A carteira de crédito negócios varejo cresceu 10,5% no mesmo período (+R$ 26,5 bilhões), fruto do desempenho positivo do segmento PF (+R$ 19,4 bilhões), com destaque para crédito consignado (+R$ 11,9 bilhões) e dos negócios com clientes MPME (+R$ 7,1 bilhões), com destaque para capital de giro (+R$ 6,3 bilhões);
  • O banco  manteve até R$ 100 bilhões para linhas de crédito voltadas para pessoas físicas (R$ 24 bilhões), empresas (R$ 48 bilhões), agronegócio (R$ 25 bilhões), além de suprimentos na área de saúde por prefeituras e governos (R$ 3 bilhões);
  • Eles suspenderam as projeções corporativas para 2020.
Impacto: Marginalmente positivo. Os números vieram um pouco abaixo da expectativa do mercado. No entanto, o banco conseguiu apresentar alguns pontos positivos, mesmo durante o período desafiador para o setor.

Relacionados

Guide Empresas - Vale e Carrefour divulga dados operacionais do 1T21; BRMalls retoma operações de Shoppings

Vale: Cia apresenta dados de produção referente ao 1T21Impacto: NeutroCarrefour: Cia divulga dados de vendas do 1T21Impacto: Marginalmente PositivoBrMalls: Cia anuncia [...]

Luis Sales - 20/04/2021

Guide Empresas - Lojas Renner anuncia emissão de novas ações; Mubadala pode estar em negociações pelo controle da Braskem

Setor de Varejo: Lojas Renner anuncia emissão de novas ações, com possível aquisição no radarImpacto: PositivoBraskem: Fundo Soberano Mubalada já conversa [...]

Luis Sales - 19/04/2021

Guide Empresas - Construtoras divulga prévias operacionais robustas; Meirelles quer privatizar EMAE este ano e Sabesp fica para 202

MRV: Cia anuncia volume de R$ 1,71 bilhão em lançamentosImpacto: PositivoTenda: Construtora anuncia lançamentos de R$ 610 milhões no 1T21Impacto: PositivoSabesp: [...]

Luis Sales - 16/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções