Apito Final | Riscos fiscais e sanitários seguem ditando rumo dos ativos

Tempo de leitura: 6 minutos

Internacional

  • Ativos financeiros têm dia de leve correção na última sessão da semana;
  • Índices de confiança no setor de serviços e industrial registram expansão da atividade nos EUA.

Brasil:

  • Ibovespa encerra semana com desempenho fortemente negativo;
  • Manutenção de elevado risco fiscal decorrentes do agravamento do quadro sanitário explica movimento;
  • Doria endurece medidas de restrição à mobilidade.


FECHAMENTO

Ibovespa: 117.615 (-0,60%) ­­
BR$/US$: 5,47 (+2,07%)
DI Jan/27: 7,47% (+21 bps)
S&P 500: 3.853 (-0,30%)

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

PRINCIPAIS ALTAS:

BRFS3: R$ 20,70 (+3,24%)
MGLU3: R$ 26,03 (+2,16%)
SBSP3: R$ 41,09 (+2,06%)

PRINCIPAIS BAIXAS:

IRBR3: R$ 6,97 (-8,29 %)
CVCB33: R$ 18,35 (-4,72%)
CYRE3: R$ 25,95 (-3,53%)


Cenário Externo

Dia de acomodação

Mercados… Ativos financeiros mundo afora ensaiaram uma sessão de teor negativo, promovendo um dia negativo para ativos diante de um cenário econômico que, a despeito de ser positivo a médio prazo, resguarda diversos desafios a curto prazo. A pandemia segue viva e, embora a vacinação já tenha começado, continua hospitalizando e matando milhares de indivíduos, além de manter a pressão sobre o setor de serviços. Nos EUA, no entanto, dados de confiança refletiram a melhora de confiança generalizada. Por lá, tanto o setor industrial quando de serviços registraram expansão no mês de janeiro, indicando, ao contrário do visto na Europa, forte recuperação da atividade entrando em 2021. Pela manhã, os PMIs Europeus pintaram a imagem contrária, alimentando uma sessão negativa para os mercados por lá.

Economia americana… Os dados do PMI apresentados hoje indicam um bom começo de ano para o setor empresarial americano, contrariando algumas expectativas do mercado. Os dados mostram altas em os seus índices Composto (55,3 para 58), de Serviço (54,8 para 57,5) e Industria (57,1 para 59,1), em comparação com as informações de dezembro, apontando uma expansão na atividade econômica.

Desempenho dos setores… De acordo com a IHS Markit, o setor privado americano, em janeiro, teve um crescimento e até registrou um aumento nas exportações e na demanda interna. Por outro lado, devido aos atrasos de fornecedores, à escassez de determinados insumos e ao aumento nos preços de transporte e equipamentos de proteção pessoal – como máscaras e luvas -, houve um incremento nas pressões inflacionárias, as quais foram mais sentidas pelas indústrias do que nos serviços. Além disso, também foi registrada uma leve redução na geração de empregos e um aumento do otimismo no setor empresarial, por conta da esperança no sucesso dos planos de vacinação e em uma melhoria no ambiente de negócios, promovida pela nova administração de Biden, a partir do segundo semestre de 2021.


BRASIL:

Riscos fiscais e sanitários seguem ditando rumo dos ativos

Mercados… Embora notícias de teor mais positivas relacionadas à importação de insumos para a produção de vacinas tenha promovido algum alívio, a contínua alta do risco fiscal continuou pesando sobre o sentimento. Persiste a preocupação quanto à ampliação de gastos decorrentes do agravamento sério das condições sanitárias e seus efeitos sobre a renda e o emprego. Durante o dia, a volta de medidas mais agudas de restrição à mobilidade em SP pesou sobre o sentimento e alimentou expectativas pessimistas. Com isto, os ativos mais sensíveis ao risco fiscal como juros longos, dólar e risco-país operaram em forte alta ao longo do dia, refletindo a deterioração dos fundamentos macroeconômicos.

Falta de insumos para vacinas… Após a preocupação com a falta dos insumos usados na vacina de Oxford/AstraZeneca e na CoronaVac, o embaixador brasileiro na China, Paulo Estivallet, foi informado pelo Ministro de Negócios Estrangeiros chinês que o Brasil, por ser um grande parceiro estratégico, terá prioridade na exportação da matéria-prima. Segundo informações vindas de Pequim, a demora no envio de tais produtos se deve a questões técnicas, como a intensa burocracia, e não políticas. Apesar do esforço do governo da China, a chegada do maior feriado do país, o Ano Novo chinês, que começa em 12 de fevereiro, pode atrasar ainda mais esse processo, por conta de possíveis paralisações em indústrias e demora adicional em processos burocráticos. Mesmo assim, a sinalização da potência asiática traz mais segurança em relação à continuidade da campanha de vacinação brasileira e a consequente recuperação econômica e social, no país.

Doria intensifica restrições à mobilidade… Com mais de 1,6 milhão de casos e cerca de 51 mil mortes, o estado de São Paulo voltou a intensificar as regras de isolamento social, em um momento de piora da pandemia e risco de sobrecarga do sistema de saúde. De acordo com a secretária de desenvolvimento econômico (Patrícia Ellen), o estado entrará na fase vermelha – com liberação apenas de serviços essenciais -, de 25 de janeiro até 7 de fevereiro, durante os finais de semana e feriados, integralmente, e dias da semana, das 20h às 6h. Além disso, o Governo de São Paulo também anunciou a abertura de 756 novos leitos de UTI, a reativação do Hospital de Campanha de Heliópolis e o adiamento, em uma semana, do início do ano letivo nas escolas da rede estadual. Dessa forma, essa situação indica, mesmo com o início da imunização, uma continuidade dos efeitos socioeconômicos negativos da provenientes do vírus.

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]

Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Relacionados

Flash Macro | Copom eleva Selic para 3,50% e mantém plano de normalização parcial do juro

O comitê de política monetária do Banco Central confirmou suas intenções e elevou a taxa Selic em 75 bps para 3,50% [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 05/05/2021

Apito Final | Fundamentos em jogo

Internacional Mercados internacionais ensaiam mais um dia de recuperação na esteira de mais uma leva de índices econômicos positivos;Políticas expansionistas e dados [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 05/05/2021

Flash Macro | Indústria volta a perder fôlego em março, mas demonstra resiliência (PIM-IBGE)

A produção industrial contraiu 2,4% em março, dando sequência às perdas registras em fevereiro, quando havia recuado 1,0%, em virtude da [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 05/05/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções