CabeçalhoConteúdoNewsletterRodapé

Cotações por TradingView

Apito Final | NY fecha em alta com melhor desempenho semanal em meses

27 de maio de 2022
Tempo de leitura: 4 min
Compartilhar
Tempo de leitura: 4 min

Internacional

• Bolsas americanas seguiram em rally nesta sexta-feira, em uma das melhores semanas desde o começo da pandemia;

• Inflação do PCE veio em linha com o esperado e consumo permanece aquecido.

Brasil

• Ibovespa fechou próximo do zero a zero com incertezas sobre a Petrobras pesando no índice.


FECHAMENTO

Ibovespa: 111.941 (+0,05%)
BRL/USD: 4,73 (-0,49%)
DI Jan/27: 11,92 (+1,5 bps)
S&P 500: 4.158 (-2,47%)

PRINCIPAIS ALTAS:

BRFS3: R$ 15,27 (+5,09%)
BEEF3: R$ 14,03 (+4,62%)
CSNA3: R$ 22,26 (+2,91%)

PRINCIPAIS BAIXAS

PETR4: R$ 30,67 (-4,54%)
YDUQ3: R$ 17,29 (-4,26%)
PETR3: R$ 33,75 (-4,15%)


Cenário Externo

NY fecha em alta com melhor desempenho semanal em meses

Mercados: Bolsas em NY fecharam mais um dia em alta considerável, terminando a melhor semana desde fins de 2020. Investidores têm aproveitado as notícias mais positivas dos últimos dias para ajustar suas posições, depois de uma forte sequência de quedas. As preocupações com o aperto monetário do Fed e com uma possível recessão nos EUA foram deixadas de lado momentaneamente na medida em que a Ata do FOMC indicou que BC americano pode interromper a sequência de altas dos juros em setembro e os dados de consumo das famílias mostraram resiliência. Commodities voltaram a se valorizar nesse novo rali de alta. Petróleo também reagiu à queda de estoques nos EUA. Ainda assim, há certa cautela antes do feriado de Memorial Day nos EUA.

PCE: O deflator do PCE, medida de inflação preferida pelo Fed mostrou alta de 0,2% na comparação mensal em abril, valor que já estava dentro do esperado pelo mercado. Com isso, o índice acumula alta de 6,3%. O núcleo do deflator, indicador que é olhado com bastante atenção pelo mercado, também registrou variação dentro do esperado. Tanto o índice cheio quanto o núcleo continuaram desacelerando. Os analistas vêm revisando periodicamente as previsões de inflação nos EUA, sempre esperando que ela desacelere em breve. Porém, o que vimos até então é que ela não deve ter um arrefecimento tão rápido. Apesar de os últimos dados terem gerado mais otimismo por fomentarem a expectativa de queda da inflação, seguimos com pressões significativas vindas do consumo interno dos EUA, o que deve sustentar preços mais altos por mais algum tempo.

Brasil

Política mantém cautela no ambiente local

Mercados: O real continuou ganhando força na esteira da maior busca por risco internacional. No ambiente interno, a incerteza com a política de preços da Petrobras, depois da troca do presidente da estatal, mantém certa cautela no mercado, com os papeis da empresa caindo relevantemente hoje e pesando sobre o Ibovespa. Ainda no campo político, a última pesquisa Datafolha mostrou que o ex-presidente e candidato Lula ganhou força contra Bolsonaro. O mercado tem ligeira preferência pelo atual presidente do que pelo candidato petista, dessa forma, a pesquisa contribuiu para um ambiente menos positivo para a bolsa. No Legislativo, o projeto que limita o ICMS para combustíveis e outros bens ajudou a conter as expectativas para a inflação e no recuo dos juros futuros vistos nesta sessão. Por outro lado, Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados voltou a criticar os reajustes praticados pela Petrobras, o que ajudou na piora do sentimento ao final da sessão.

Equipe Econômica

Rafael Gabriel Pacheco
[email protected]
Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Compartilhar artigo

Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.

Formado em economia pelo Mackenzie, com foco em Macroeconomia, entrou na Guide Investimentos em 2021 e atualmente produz relatórios de análise e de comitês mensais com intuito de embasar recomendações de alocação de recursos através da análise do cenário econômico.

Veja também