Apito Final | Maia e Guedes emitem sinalização correta quanto ao fiscal

Tempo de leitura: 7 minutos

Internacional

  • Bolsas encerram o dia no vermelho enquanto investidores esperam resultados concretos nas negociações em torno de estímulos nos EUA.

Brasil:

•           Ibovespa descola do exterior e encerra em alta;

•           Pesquisa Focus trás reajuste considerável para as expectativas de inflação, crescimento e câmbio;

•           Balança comercial registrado elevado saldo positivo na semana finda no dia 16 de outubro;

•           Por trás do movimento, sinalizações corretas trazidas por Maia e Guedes favorecem mercado e economia;

•           BR Malls e Vale são destaques do dia.


FECHAMENTO

Ibovespa: 98.657 (+0,35%)­­
BR$/US$: 5,60 (-0,73%)
DI Jan/27: 7,39% (-18 bps)
S&P 500: 3.426 (-1,63%)

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

PRINCIPAIS ALTAS:

CIEL3: R$ 3,80 (+6,74%)
BRML3: R$ 9,32 (+5,43%)
GOLL4: R$ 19,91 (+4,51%)

PRINCIPAIS BAIXAS:

JBSS3: R$ 22,15 (-4,57%)
BRFS3: R$ 18,15 (-3,10%)
BTOW3: R$ 90,16 (-3,05%)


Cenário Externo

Expectativa debelada por estímulos pesa sobre ativos do exterior

Mercados… Bolsas globais iniciaram a semana em tom negativo, novamente refletindo a intensificação dos riscos de cenário que temos recorrentemente pontuado. Ao longo do dia, os anseios quanto à falta de estímulos fiscais nos EUA atuaram na ponta negativa, ao passo que o ressurgimento de casos da covid-19 em alguns países europeus e estados americanos eleva as incertezas quanto ao ritmo de recuperação das economias centrais. Como mencionamos no Mercados Hoje desta manhã, o ultimato dado por Nancy Pelosi, combinado ao descompasso de desejos com relação à vontade dos republicanos em querer aprovar um pacote de menor magnitude, adicionaram ao caldeirão de volatilidade. Ao final do dia, tanto o S&P500, índice americano, assim como o Stoxx 600, seu par na Europa, encerram o dia no vermelho.


BRASIL:

Maia e Guedes emitem sinalização correta quanto ao fiscal

Mercados… Ao contrário do que ocorreu nos mercados internacionais, ativos domésticos tiveram um claro dia de desempenho positivo, repercutindo sinalizações animadores do âmbito fiscal. A defesa em prol da austeridade fiscal promulgada por Rodrigo Maio, presidente de Câmara, assim como por Paulo Guedes, chefe da pasta da economia, reassegurou – pelo menos a curtíssimo prazo – o comprometimento da classe política em seguir em frente com o processo de ajuste das contas públicas. Dados de atividade robustos na China, na medida em que sinalizam uma continuidade na retomada da demanda por bens e serviços brasileiros, também auxiliaram o índice. Assim, o ambiente de menor aversão ao risco fez o dólar ceder, forçando-o encerrar o dia no limiar de R$ 5,60, ao passado que as taxas no mercado de juros futuros devolveram parte das altas verificadas na semana passada ao longo de toda estrutura a termo. O CDS de cinco anos também acompanhou o movimento, porém segue em patamar elevado, obviamente refletindo o desajuste das finanças públicas.

Pesquisa Focus… O relatório Focus do Banco Central registrou avançso relevantes nas expectativas de mercado sobre as principais variáveis macroeconômicas. Para 2020, o IPCA passou de 2,47% para 2,65%, naturalmente refletindo a inflação de alimento que ocorre a curto prazo. Para 2022, no entanto, as expectativas de inflação seguem em 3,02%, abaixo da meta do BCB (3,50%) para o ano. O crescimento do PIB passou de -5,03% para -5,00% em 2021, e caiu de +3,50% para +3,47% para 2022. A taxa de câmbio aumentou de R$ 5,30 para R$ 5,35 em 2020, mas ficou estável em R$ 5,10 para 2022. A Selic, no entanto, ficou em 2,00% para 2020 e estável em 2,50% para 2021.

Atividade econômica… Em dia praticamente esvaziado de indicadores econômicos, o resultado da balança comercial (BC) brasileira para a semana finda no dia 16 marcou o dia. Na semana, a BC registrou saldo positivo de US$ 3,2 bilhões; resultado da diferença de US$ 9,7 bilhões de exportações e US$ 6,5 bilhões de importações. Naturalmente, o resultado positivo e robusto da balança comercial reflete, pelo lado das exportações, a retomada da demanda chinesa e o câmbio desvalorizado, e no lado das importações, a fraca demanda interna e a desvalorização do câmbio. Tais fatores tendem a acelerar as exportações e reduzir as importações, elevando o saldo da balança comercial.  A despeito de positivo, o resultado é preocupante, pois a tendência baixista das importações indicada que o nível de atividade doméstico ainda segue reprimido mesmo em meio à reabertura da economia e a presença de estímulos fiscais e monetários.

Sinalizações corretas… A defesa em prol da disciplina fiscal enunciada por Paulo Guedes e Rodrigo Maia contraria comentários feitos por Morão na sexta-feira passada. Naquela situação, Mourão havia comunicado que o Renda Cidadã poderia ser executado sem respeitar o teto de gasto, a âncora fiscal que mantém as expectativas em terreno estável. Os primeiros, ao contrário do segundo, certamente entendem o que temos recorrentemente falado: o gerenciamento efetivo e correto das expectativas quanto ao desenrolar da dinâmica das contas públicas importa. Mantém os juros de longo prazo, assim como o dólar, em movimento benigno, favorecendo uma retomada mais sólida e consistente da atividade econômica.

BR Malls… Após a companhia anunciar interesse em combinar seus negócios de forma parcial com os da Ancar, que consiste em uma grande operadora de shoppings, seus ativos encerraram o pregão entre os maiores destaques de alta. Hoje, a Ancar administra 24 centros comerciais, entre os quais estão ativos de operação bastante relevante, que seriam complementares à operação da BR Malls.

Vale… Ativos da companhia encerram o dia em leve queda, com o mercado aguardando pela divulgação do desempenho da mineradora no 3T20, que será antecipado hoje. Ainda, os futuros de minério de ferro sofreram queda hoje e atingiram o menores patamar observado nas últimas três semanas, fundamentado no aumento dos estoques nos portos da China e nas expectativas mais negativas para a demanda doméstica de aço durante os próximos meses.

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]

Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Relacionados

Agenda de Divulgações de Resultados – 1T21

Confira as datas que as empresas divulgarão seus resultados referentes ao primeiro trimestre de 2021. As datas foram compiladas através da Bloomberg [...]

Henrique Esteter - 22/04/2021

Apito Final |Incerteza pode persistir

Internacional Ativos americanos têm dia de reviravolta e encerram mais uma sessão em campo negativo;Ativos europeus encerraram no verde com manutenção de [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 22/04/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | O orçamento deste ano

Hoje é a data final para o Presidente sancionar o orçamento deste ano. Ontem foi ratificada a PLN 2, que reedita [...]

Rio Bravo - 22/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções