Apito Final | Apesar do alívio de ontem, Ibovespa volta a fechar no vermelho

Tempo de leitura: 5 minutos

Internacional

• Ativos americanos fecharam o dia com receio em torno do crescimento e expectativa de anúncio do cronograma de tapering ainda em 2021;
• Inflação ao produtor nos Estados Unidos volta a superar expectativas.

Brasil

• Bolsa brasileira tem dia de baixa com cenário político incerto;
• Vendas no varejo apresentam aceleração em julho, atingindo maior nível da série histórica para o mês.


FECHAMENTO

Ibovespa: 114.454 (-0,79%)
BRL/USD: 5,26 (+1,19%)
DI Jan/27: 10,53% (-19,0 bps)
S&P 500: 4.458 (-0,77%)

PRINCIPAIS ALTAS:

CASH3: R$ 5,94 (+8,59%)
BEEF3: R$ 9,05 (+6,10%)
BRFS3: R$ 24,14 (+3,03%)

PRINCIPAIS BAIXAS:

MGLU3: R$ 17,18 (-8,86%)
BPAN4: R$ 15,71 (-7,37%)
LCAM3: R$ 25,30 (-5,46%)

Fonte: Bloomberg. Obs: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg


Cenário Externo

Mercado internacional ainda em receio com possibilidade do tapering

Mercados… Bolsas americanas fecharam no negativo, em sessão de volatilidade, com os investidores reavaliando o cenário de crescimento. A inflação do produtor hoje no país veio acima do esperado pelo mercado, o que, em conjunto com novas falas de membros do Fed defendendo o tapering este ano, ajudou a pesar sobre o ânimo dos investidores. Paralelamente, os yields dos treasuries passaram a abrir e o índice dólar fechou estável. No front das commodities, o petróleo operou em alta, apoiado também pelas discussões de Biden como presidente da China, Xi Jinping procurando aliviar o conflito geopolítico entre as duas potências.

PPI e tapering… O índice de preços ao produtor (PPI) avançou neste agosto para 0,70% ante julho, previsão era de 0,60%. Na comparação anual, o PPI teve alta de 8,3% em agosto, a maior da série desde 2010. Mesmo o núcleo do índice (medida que exclui os componentes mais voláteis de alimentos e energia) também avançou para a maior variação desde agosto de 2014. Uma alta era já esperada, contudo, as pressões de oferta continuam pressionando custos de maneira acentuada. Esse cenário deve continuar persistindo por algum tempo, o que deve colocar o Fed em uma posição difícil. Se por um lado a inflação continua corroendo o poder de compra da população, o receio com a variante Delta ameaça retardar o ritmo de retomada na maior economia do mundo.


Brasil

Apesar do alívio de ontem, Ibovespa volta a fechar no vermelho

Mercados… Após início do dia positivo, ainda com o alívio político e com vendas no varejo acima do esperado, o Ibovespa voltou a cair ao longo do dia e o dólar acelerou alta após a notícia de que Lewandowski pediu para que seja discutido em plenário físico a ação que trata da falta de norma do prazo para que o presidente da Câmara tome uma decisão sobre os pedidos de impeachment contra Bolsonaro. O mercado continua se ajustando ao recuo de Bolsonaro, porém ainda está sem direção quanto a como ficou o ambiente para a aprovação das reformas e a negociação dos precatórios. Segundo Guedes, o Governo vai retomar a as negociações deste último na próxima semana, porém pelo sentimento do mercado de hoje, os investidores ainda não estão seguros com relação à afirmação do ministro. Ainda hoje, a primeira prévia do IGP-M veio abaixo do esperado, apresentando uma desaceleração de -1,09% no mês de setembro apesar da alta do IPCA ontem.

Vendas no varejo vai em nível recorde… As vendas no varejo brasileiro na série dessazonalizada apresentaram aumento de 1,2% em julho contra alta revisada de 0,89% em junho. Com isso, o índice teve o maior resultado da série histórica, que remete desde janeiro de 2000. No conceito ampliado, que inclui a venda de veículos e materiais de construção, volume de vendas cresceu 1,1% na margem, ante baixa de -2,07% no resultado anterior. Com esse resultado, o acumulado dos últimos 12 meses avançou 11,4% no conceito ampliado. No geral, a alta das vendas no varejo superou em muito as expectativas, tanto no restrito quanto no ampliado, o que reflete a reabertura da economia, o efeito dos últimos pagamentos do auxílio emergencial e a demanda reprimida. Desta forma, o dado aponta para a manutenção de uma recuperação robusta do setor, que iniciou o 2º semestre do ano em tom positivo.

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]
Rafael Gabriel Pacheco
[email protected]
Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]
Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

 
“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores,  para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo.  Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações. Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Resolução CVM nº 20, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Relacionados

Apito Final | Vendas do varejo e balanços reforçaram apetite ao risco

Internacional • Mercados estendem apetite ao risco com varejo americano;• Vendas do varejo subiram enquanto o mercado esperava dado negativo; Brasil • Investidores buscam [...]

Rafael Gabriel Pacheco - 15/10/2021

Guide Empresas: Assaí compra operações da rede Extra; PDG sai da recuperação judicial; e mais!

Grupo Pão de Açúcar (PCAR3): Assaí compra 71 lojas da rede Extra por R$ 5,2 bi e vai acabar com a [...]

Luis Gustavo Pereira - 15/10/2021

Rio Bravo: Olhar Atento | Prévia mensal do PIB

O IBC-Br, prévia mensal do PIB, retraiu 0,15% MoM em agosto. O resultado ficou ligeiramente abaixo da projeção do mercado (-0,05%). [...]

Rio Bravo - 15/10/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções