Apito Final | 02 de Março

Tempo de leitura: 6 minutos

Internacional
• Bolsas na Europa e nos EUA operam em alta a despeito de preocupantes dados de atividade;
• Pedidos de auxílio desemprego apontam para deterioração do mercado de trabalho americano e europeu.

Brasil
• Ibovespa surfa onda do exterior e fecha o dia em território verde;
• Real segue sob pressão vendedora;
• CDS cai, mas ainda segue em patamares elevados.


FECHAMENTO:

Ibovespa: 72.253 (+1,81%)
BR$/US$: 5,26 (+0,23%)
DI Jan/27: 7,74% (+1 bps)
S&P 500: 2.526 (+2,28%)

Fonte: Bloomberg. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg

MAIORES ALTAS:

RENT3: R$ 26,14 (+10,30%)
CVCB3: R$ 10,25 (+9,04%)
CRFB3: R$ 21,47 (+8,87%)

MAIORES BAIXAS:

VVAR3: R$ 4,38 (-5,81%)
COGN3: R$ 3,66 (-5,43%)
YDUQ3: R$ 20,62 (-4,98%)


CENÁRIO EXTERNO:

Mercados… Ativos de risco internacionais operaram em alta ao longo do pregão desta quinta-feira. Tanto o S&P500, índice americano, assim como o Stoxx600, seu par na Europa, encerraram as negociações em território verde. Apesar de dados de atividade notadamente ruins no que tange ao desenvolvimento do mercado de trabalho, o fato de que investidores já precificam uma recessão os fizeram adquirir ativos á preços julgados como atrativos. O anúncio de que Trump, junto aos sauditas, pretende implementar um corte na produção de petróleo para elevar o preço da commodity nos mercados internacionais deu um impulso adicional aos mercados. Não obstante, um ambiente de elevada incerteza predomina: títulos americanos e ouro, importantes ativos de segurança, continuaram ganhando se valor ao longo do dia.

Economia americana… Os pedidos de auxílio desemprego nos EUA voltaram a pintar o quadro sombrio que se instala sobre o país devido á disseminação do Covid-19. Na semana que terminou no dia 28 de março, os pedidos dispararam para 6,65 milhões, quase o dobro da leitura anterior e notadamente acima das expectativas de mercado. Ao passo que empresas, principalmente no setor serviços, observam uma queda de rentabilidade devido às medidas de confinamento, promovem demissões em massa. O dado reflete um futuro nada benigno; o emprego deve passar por uma queda na ordem de 6%, apagando boa parte dos ganhos angariados ao longo dos últimos meses, quando a economia americana registrava a menor taxa de desemprego em 50 anos. O Relatório de Emprego que será divulgado amanhã, porém, não deve capturar tal ocorrência pois a coleta terminou nas primeiras semanas de março.

Economia europeia… Tal movimento não se verificou apenas nos Estados Unido; o mercado de trabalho europeu por lá também está refletindo as mesmas dinâmicas que nos EUA. Na França, os pedidos de auxílio desemprego aumentaram em quatro milhões, enquanto que o número de desempregados aumentou em 800 mil. Na Inglaterra, quase um milhão de pessoas se cadastraram para receber crédito universal. O próximo fluxo de dados não deve pintar um cenário muito diferente e é de suprema importância que os governos agilizem o direcionamento de recursos para resguardar e preservar o emprego e renda das populações mais afetas, isto é, aquelas cujos trabalhos são diretamente afetados pelas medidas de distanciamento social.


BRASIL:

Mercados… O Ibovespa surfou a onda do exterior e também operou em alta ao longo do pregão. A alta do índice refletiu, em boa parte, a valorização da Petrobras, que apreciou uma alta devido à perspectiva de que o petróleo pode voltar a se valorizar devido á ação conjunta dos EUA e da Arábia Saudita. O real continuou sob pressão vendedora no mercado cambial, condicionado pelos mesmos drivers das últimas semanas: juros baixos e risco-país em alta. Expectativas de depreciações subsequentes também fomentaram o movimento. O risco-país, por mais que continue em patamares elevados, caiu. Investidores parecem ter absorvido o fato de que, por mais que o estado brasileiro vá expandir gastos sem espaço fazê-lo, a ideia do teto fiscal foi mantida. Isto por que tais gastos se apresentam como transitórios e, portanto, serão registrados como não-recorrentes na balança fiscal. No mercado de juros, as taxas operaram de forma mista, ainda explicitando expectativas de menores juros a curto prazo e riscos fiscais a longo prazo.

Localiza… A companhia foi o grande destaque do dia. O CEO da companhia reforçou o caixa em R$712 milhões e antecipou cerca de R$380 milhões em recebíveis de cartão de crédito, além de ter levantado mais R$595 milhões com outras operações. Ainda, anunciou o adiamento do pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP), aprovado no dia 10 de março. O valor do JCP é de R$0,089 por ação e beneficia titulares de ações no dia 13 de março. Desse modo, ela ganha maior tranquilidade e robustez para seu caixa e liquidez de curto prazo.

Petrobras… Na mesma ponta, a companhia também teve uma boa perfomance no pregão de hoje. O ativo foi influenciado, principalmente, pelo aumento significativo do preço do petróleo. O movimento da commodity foi um reflexo de notícias da China, elevando seus estoques, e o tweet do presidente Donald Trump, sinalizando um possível corte de produção nas próximas semanas.

Equipe Econômica

Conrado Magalhães
[email protected]

Alejandro Ortiz Cruceno
[email protected]

Victor Beyruti Guglielmi
[email protected]

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 21 da Instrução CVM nº.598/2018, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

Relacionados

Apito Final | Sejamos realistas

Internacional Ativos globais encerram mais uma semana com desempenhos estelares;Enquanto isso, investidores aguardam sinais quanto ao futuro da política fiscal nos EUA;Confiança [...]

Alejandro Ortiz Cruceno - 16/04/2021

Rio Bravo: Olhar Atento |O PIB da China

O PIB da China cresceu 18,3% a.a. no primeiro trimestre de 2021, ligeiramente abaixo da expectativa (18,5%). A magnitude representa a [...]

Rio Bravo - 16/04/2021

Guide Empresas - Construtoras divulga prévias operacionais robustas; Meirelles quer privatizar EMAE este ano e Sabesp fica para 202

MRV: Cia anuncia volume de R$ 1,71 bilhão em lançamentosImpacto: PositivoTenda: Construtora anuncia lançamentos de R$ 610 milhões no 1T21Impacto: PositivoSabesp: [...]

Luis Sales - 16/04/2021
Logo o guia financeiro

Entrar

Como deseja continuar?

Abra sua conta

Preencha os campos abaixo
ou use uma das opções